Hipnose

Me peguei, abobalhada, vendo os cabelos esvoaçados da Lykke Li dançando de um lado para o outro. Não, essas imagens não me remeteram às propagandas da L’Oreal, sapa, mas aos fatos que acontecem na vida de quem vos escreve.

Vou explicar.

Sabe quando você está tomando banho com a sua namorada, aí, você lava os cabelos longos dela para, logo depois, você a observar enxaguar-e-passar creme-e-enxaguar aqueles cabelos maravilhosos? Eu babo.

Daí, vocês estão lá, lindas e cheirosas; você de cabelo curto, escorrido, parecendo um cachorro pós banho; e ela, com a cabeça levemente inclinada para o lado, passando os dedos no cabelo para desembaraçá-lo. Vai me dizer que você não baba [mais ainda] quando a observa secando os cabelos? Sim, eu babo rios.

O engraçado é que elas sempre perguntam “o que foi?”, quando percebem que estão sendo observadas nesse ritual sensual todo. Beijo, como resposta para essa pergunta descabida.

Embasbaque-se

Eu te faço uma escova!

***

Segundo a nossa-sapa-querida-que-precisa-atualizar-o-blog, Alice, a sapa que fica toda- com-cara-de-besta vendo a namorada cuidar dos cabelos fica embasbacada.

Pergunto, então, o que te deixa embasbacada?

No som: Kate Nash – I’m Not Gonna Teach Your Boyfriend How To Dance With You

 

Anúncios